quarta-feira, 31 de julho de 2019

Nós Oroboenses Agradecemos a passagem do Dr. Rodrigo Altobello Ângelo Abatayguara e oseu desempenho no MP da Comarca de Orobó...

Resultado de imagem para imagem promotor de justiça de Orobó- Dr. Rodrigo
foto blog Juninho Orobó.

Quando há compromisso e vontade de fazer a coisa certa,  é possível fazer muito em pouco tempo. Temos certeza que os oroboenses bem intencionados , jamais esquecerão  a passagem do Dr. Promotor de Justiça o Excelentíssimo Dr. Rodrigo Altobello Ângelo Abatayguara.
Eu mesma tive a oportunidade de estar com ele algumas vezes e fui muito dignamente atendida e escutada com respeito e atenção.
Só posso em nome da população oroboense agradecer pelo empenho em ajudar em tão pouco tempo Orobó se tornar mais limpo , fazendo o povo acreditar que ainda é possível acreditar que a Justiça tem homens digno de aplausos.
Parabéns Dr. Rodrigo pelo belíssimo trabalho em nossa cidade.
Obrigada!
Que Deus lhe acompanhe e lhe guarde o livrando de todo mal para continuar brilhando onde quer que for.
Grata: Madalena França.

TRF-4 manda PF explicar restrição de visita dos advogados de Lula


Postado Por Madalena França
Todos os postsÚltimas notícias
Ricardo Stuckert
Ricardo Stuckert
A Justiça federal acolheu em parte pedido do ex-presidente Lula, diante das novas regras de visita para seus advogados. Nivaldo Brunoni, juiz convocado do Tribunal Regional Federal da 4ª Região,  determinou que o Ministério Público Federal preste as informações pedidas em até 48h.
Até pouco tempo, Lula podia diariamente se reunir com seus advogados  das 9h às 11h30, pela manhã, e entre 14h e 17h30, à tarde, de segundas às sextas-feiras. Mas uma regra interna da Polícia Federal diminuiu o contato para uma hora diária.
A defesa de Lula, feita pelos advogados Cristiano Zanin e Valeska Teixeira, do escritório Teixeira e Martins, solicitou que o antigo esquema fosse restabelecido. Porém, o processo está parado, já que o Ministério Público Federal solicitou uma lista com todos os visitantes de Lula para poder fazer um parecer.
Os advogados entraram com um HC no TRF-4 e o juiz convocado então determinou que a Polícia Federal dê em 48 horas a lista para o MPF.
“Defiro o pedido liminar para determinar que o juízo de primeiro grau dê impulso ao processo no prazo de 48 horas, de modo a instar a autoridade policial a fornecer as informações requeridas pelo Ministério Público Federal para, posteriormente, decidir como entender conveniente”, disse o juiz na decisão.
De Conjur

A Lava Jato perdeu o “charme” após denúncias do Intercept

Os autoproclamados justiceiros da República de Curitiba já não são os mesmos e, segundo o site The Intercept Brasil, nem suas contas bancárias. E, devido denúncias da #VazaJato, a força-tarefa coordenada pelo procurador Deltan Dallagnol perdeu o “charme” — se é que teve algum dia.
Nesta quarta-feira (31), a Lava Jato deflagrou a 62ª operação para prender executivos de uma cervejaria e no final desta tarde também anunciou a captura do doleiro Dario Messer que estava foragido desde maio de 2018.
Mas por que a força-tarefa teria perdido o “charme”?
Por Madalena França

ONU quer explicações de Bolsonaro sobre desmonte do combate à tortura 31 de julho de 2019adminTodos os posts, Últimas notícias



Foto: Agência Brasil
O Comitê contra a Tortura da ONU (Organização das Nações Unidas) alerta que o governo brasileiro acumula um atraso de cinco anos na apresentação de seu informe sobre a situação dos abusos no país e seus peritos não disfarçam que estão preocupados com as recentes declarações e atos do governo de Jair Bolsonaro.


Caso o atraso na apresentação do relatório do Brasil continue, o órgão planeja realizar um exame e cobrar respostas do Brasil, mesmo sem o consentimento do Estado.

Entre os membros do órgão, preocupa em especial a decisão de Brasilia de acabar com a remuneração dos integrantes do mecanismo de monitoramento da tortura no Brasil. Na prática, o Palácio do Planalto encerrou as atividades do grupo e o temor na ONU é que um desmonte acelerado dos instrumentos de luta contra a tortura esteja sendo implementado pelo Brasil.

PUBLICIDADE

O Mecanismo Nacional de Combate e Prevenção à Tortura (MNCPT) havia sido criado para justamente monitorar os abusos no país. Mas, por um decreto presidencial de 11 de junho, Bolsonaro exonerou os 11 peritos do órgão e extinguiu a remuneração dos especialistas.


PUBLICIDADE


De fato, no mês passado, outro órgão da ONU declarou sua insatisfação com a situação do governo Bolsonaro e solicitou um encontro com a missão do Brasil em Genebra para falar sobre o problema. O grupo indicou que tinha “sérias preocupações de que essas medidas pudessem enfraquecer o mecanismo preventivo do Brasil e, com ele, a prevenção da tortura no país”.

A reunião acabou ocorrendo no dia 8 de julho e, em suas redes sociais, o Itamaraty apenas explicou que discutiu “formas de fortalecer o Sistema Nacional de Proteção e Combate à Tortura”. Peritos, porém, deixaram claro que as respostas dadas pelo governo não foram suficientes.

Mas esse não é o único aspecto da tortura no Brasil que chama a atenção. Peritos, na condição de anonimato, alertam que o tom usado por Bolsonaro para falar do passado autoritário do país pode ser um sinal de alerta sobre o que virá pela frente em termos de políticas de combate aos abusos.

“O temor é que, com um presidente que justifica a tortura, jamais saberemos exatamente o que está ocorrendo nas prisões brasileiras”, disse um deles.

Passado
De acordo com fontes ouvidas pelo UOL, a questão da tortura no Brasil foi sempre apontada pela ONU como um sério problema. A diferença, nos últimos dois informes da entidade, é que os peritos das Nações Unidas reconheciam os esforços tanto do governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) como de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para enfrentar o problema.

No primeiro exame sobre o Brasil, em 2001, a ONU deixava claro que seu comitê registrava a “vontade política” expressada pelo Estado brasileiro de “combater a tortura”. Também eram elogiadas a “franqueza e a transparência pela qual o governo reconhecia a existência e amplitude da tortura no Brasil”.

Ainda assim, o órgão da ONU manifestava “preocupação com a persistência de uma cultura de aceitação de abusos por parte de funcionários públicos, com as numerosas alegações de atos de tortura e tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes em delegacias de polícia, prisões e instalações pertencentes às Forças Armadas e com a impunidade de fato de que gozam os autores desses atos”.

Em 2009, no segundo exame, uma vez mais a ONU condenou a existência da tortura no país. Para a entidade, as prisões brasileiras viviam uma “superlotação endêmica, condições imundas, calor extremo e privação, além de violência generalizada e falta de supervisão adequada, o que leva à impunidade”. “De fato, há impunidade generalizada para os perpetradores de abuso”, denunciou.

Mas, assim como em 2001, a ONU destacou a atitude positiva do governo, assim como o fato de as autoridades terem “a consciência” e a “vontade política” para agir.

Em entrevista ao UOL, Jens Modvig, presidente do Comitê contra a Tortura da ONU, explicou que a ideia era que, em 2014, um novo informe seria apresentado pelo Brasil para explicar o que teria feito para cumprir as recomendações da ONU. Cinco anos depois, o governo jamais se manifestou.

Segundo ele, os tratados assinados pelo Brasil são vinculantes, justamente para obrigar os governos a cumprir o que se comprometeram a fazer. “Há obrigação de submeter a cada quatro anos um relatório sobre o que tem sido feito para implementar o tratado e as medidas para prevenir e lutar contra a tortura. Infelizmente, não recebemos o informe do Brasil, que era para ter ocorrido 2014”, disse o médico dinamarquês, que também lidera a entidade Dignity – Instituto Dinamarquês contra a Tortura.

“Ou podemos esperar o informe do Brasil ou podemos fazer o que fizemos com Bangladesh e agendar uma revisão do país, mesmo na ausência de um informe”, explicou. Nesse caso, em relatórios alternativos de ONGs e outras fontes servirão de base para o trabalho da ONU.

“Para um fenômeno sensível como a tortura, frequentemente vemos a negação de sua existência”, disse Modvig. “E não é agradável. O escrutínio tem como meta trazer a realidade, tanto passada como atual, à luz e incentivar os Estados a lidar com ela”, explicou.

Ele ainda lembra que o crime da tortura não prescreve e, mesmo quando ocorreram num passado distante, devem ser investigados e processos pelo Estado.

Do UOL

FacebookTwitterEmailWhatsAppTelegramCompartilhar
Postado por Madalena França

“Não me importo com ameaças e não vou deixar o país dos meus filhos regredir para ditadura”, diz Glenn em ato da ABI


Fonte: 247
Postado por Madalena França
Durante ato na ABI na noite desta terça-feira (30), o jornalista Glenn Greenwald prometeu continuar a revelar ilegalidades da Lava Jato e afirmou que não irá deixar o País, mesmo diante das ameaças de Jair Bolsonaro; "Eu não vou fugir desse país. Eu não vou deixar o país dos meus filhos regredir para a ditadura", disse Greenwald
(Foto: David Miranda)
247 - O jornalista Glenn Greenwald afirmou nesta terça-feira, 30, durante ato na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro, que não irá deixar o Brasil por conta das ameaças sofridas por Jair Bolsonaro, pelo fato dele estar revelando as ilegalidades da operação Lava Jato. 
"Esse é meu passaporte norte-americano. Esse passaporte me permite ir para o aeroporto a qualquer minuto e sair do país", disse Glenn diante de um auditório lotado na ABI. "Eu não me importo com as ameaças queBolsonaro fez contra mim. Eu não vou fugir desse país. Eu não vou deixar o país dos meus filhos regredir para a ditadura", disse Greenwald.
O ato em defesa de Greenwald e dos demais jornalistas do The Intercept Brasil que estão sendo alvos de ataques do bolsonarismo contou com a participação de centenas de pessoas, entre jornalistas, políticos, advogados, artistas, representantes de movimentos sociais. 
Em entrevista, Glenn que tem medo de ser preso. "Quando o presidente está te ameaçando por três dias consecutivos, usando seu nome como Jair Bolsonaro está fazendo contra mim, obviamente o risco é grande de eu ser preso. Nós sabemos isso todo o tempo", afirmou.
O artigo 5º da Constituição Federal, que trata dos direitos e deveres do cidadão, estabelece que "é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional".
Assista a um trecho do discurso de Glenn Greenwald:

Moro entra na marca do pênalti com unidade entre Congresso e Intercept

Não foi só um vídeo que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), divulgou nesta terça (30) em desagravo ao jornalista norte-americano Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept, ameaçado de prisão e de deportação pelo ministro da Justiça Sérgio Moro. É muito mais do que isso.
Simbolicamente, o vídeo de Maia sela uma unidade tácita entre o Congresso Nacional e o Intercept em defesa da liberdade de expressão e, portanto, é inexorável a abertura uma CPMI (deputados e senadores) para investigar Sérgio Moro, ex-juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba por conluio com integrantes da força-tarefa Lava Jato.
“Não é a favor do Glenn, mas é a favor da nossa liberdade de expressão”, explica Maia que ainda emenda: “um agente público que vaza informações sigilosas que estão sob o seu comando também comete um crime.”
Antes mesmo de o vídeo em apoio a Greenwald vir à tona, na tarde de ontem, Rodrigo Maia usou o humor para desmentir o ministro da Justiça. Segundo Moro, hackers teriam invadido o celular do presidente da Câmara e de demais autoridades da República.
“Rodrigo Maia também teve o seu celular invadido por hackers. Todas as mensagens eram para o iFood”, ironizou o presidente da Câmara citando o aplicativo para pedir comida.
Abaixo, a íntegra do texto do vídeo de Maia que coloca Moro na marca do pênalti:
“Nas últimas semanas, mas principalmente nos últimos dias, passamos a viver uma grande polêmica depois da prisão do tal hacker. Sobre a questão dos dados: de quem é a responsabilidade? Tem uma questão que é a base desse debate, que é o sigilo da fonte. No país, no nosso Brasil democrático, no nosso estado democrático de direito, o sigilo da fonte é um direito constitucional. A partir daí, nós temos que discutir, de fato, um hacker que pegou de forma ilegal, ilícita, criminosa, dados de terceiros. [Ele] precisa ser punido. Investigado, descoberto, e aí sim, punido.
Por outro lado, um agente público que vaza informações sigilosas que estão sob o seu comando também comete um crime. Todos os dois, que passam informações para a sociedade, para que nós tenhamos mais transparência, como muitos defenderam nos últimos cinco anos, todos os dois estão cometendo atos ilícitos. Um agente público com uma informação sigilosa entregou [a informação] a um meio de comunicação.
Esse meio de comunicação deu divulgação. Ele está protegido pelo sigilo, que é um direito democrático no nosso país. Um hacker, um criminoso, pegou, extraiu informações de um cidadão. Passou para a sua fonte [veículo de mídia]. Ela pegou essas informações e jogou na sociedade. Então, o sigilo da fonte é um direito democrático. Não é a favor do Glenn, mas é a favor da nossa liberdade de expressão.”
Por Madalena França

Para hoje. Oremos por nós e os que sofrem...

“RESPONDE-ME QUANDO CLAMO, Ó DEUS QUE ME FAZ JUSTIÇA! DÁ-ME ALÍVIO DA MINHA ANGÚSTIA; TEM MISERICÓRDIA DE MIM E OUVE A MINHA ORAÇÃO. ATÉ QUANDO VOCÊS, Ó PODEROSOS, ULTRAJARÃO A MINHA HONRA? ATÉ QUANDO ESTARÃO AMANDO ILUSÕES E BUSCANDO MENTIRAS? PAUSA
SAIBAM QUE O SENHOR ESCOLHEU O PIEDOSO; O SENHOR OUVIRÁ QUANDO EU O INVOCAR. QUANDO VOCÊS FICAREM IRADOS, NÃO PEQUEM; AO DEITAR-SE REFLITAM NISSO, E AQUIETEM-SE. PAUSA
OFEREÇAM SACRIFÍCIOS COMO DEUS EXIGE E CONFIEM NO SENHOR. MUITOS PERGUNTAM: “QUEM NOS FARÁ DESFRUTAR O BEM? ” FAZE, Ó SENHOR, RESPLANDECER SOBRE NÓS A LUZ DO TEU ROSTO! ENCHESTE O MEU CORAÇÃO DE ALEGRIA, ALEGRIA MAIOR DO QUE A DAQUELES QUE TÊM FARTURA DE TRIGO E DE VINHO. EM PAZ ME DEITO E LOGO ADORMEÇO, POIS SÓ TU, SENHOR, ME FAZES VIVER EM SEGURANÇA.”
Salmos 4:1-8

De um lado, provocação; de outro, mobilização


Fonte Tijolaço
Postado por Madalena França
Posto aí embaixo o vídeo que gravei na entrada da ABI com o contraste a uma dezena de provocadores bolsonaristas e a multidão que compareceu para manifestar solidariedade a Glenn Greenwald e à equipe do The Intercept que está revelando os segredos da Lava Jato.
Neste momento, além dela, havia uma fila para entrar que se estendia por mais de 300 metros.
Isto é, para mim, o mais significativo.
De um lado, o fanatismo morobolsonarista minguando.
De outro, a afluência crescente dos defensores da democracia.
De todas as falas, mais me chamou a atenção a de Leandro Demori, editor do The Intercept ao lado de Greenwald.
Sua fala, embora desabrida e irreverente, foi ao ponto: não temos de fazer discriminações com quem, diante das ameaças à democracia, esteja disposto a combater pelo Estado de Direito.
É bom ver jornalistas jovens com essa lucidez, a de que democracia é abrir-se para o diferente e saber, a cada momento , encontrar o que une e o que separa.
É isso o que deixa dez gatos pingados de um lado da rua e centenas e centenas do outro lado.
  •  
  •  

Horóscopo 2019: confira a previsão de hoje (31/07) para o seu signo


Arte/MetrópolesARTE/METRÓPOLES
ATUALIZADO 31/07/2019 7:19
Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Ouça: Horóscopo 2019: confira a previsão de hoje (31/07) para o seu signo0:00100%

Áries (21/03 - 20/04)

Brilho, entusiasmo, fertilidade e prazer não faltarão hoje. O dia será animado e favorável para seus projetos. Os encontros falarão ao coração. Organize a casa e a rotina dos filhos. Haverá facilidades para engravidar nesta fase, caso seja o plano. Cenário otimista em um novo empreendimento, viagem ou ação na Justiça.

Touro (21/04 - 20/05)

Carinho da família e conforto contarão pontos hoje. Você sentirá mais liberdade para expressar seus sentimentos e desejos. Um reencontro ampliará as perspectivas e inspirará mudanças positivas de padrões e de comportamento. Fase de movimentar a vida com inovações e fortalecer as bases afetivas.

Gêmeos (21/05 - 20/06)

Dia movimentado por muitas comunicações, contatos e participação na equipe. Ótimo entendimento nas relações acelerará resultados e decisões. Bom também para descobrir novos focos de interesse, escolher um curso, estudar ferramentas e aumentar a habilidade na área tecnológica. Atividades comerciais aquecidas.

Câncer (21/06 - 22/07)

Decida investimentos financeiros no trabalho e futuro. Você se destacará por sua habilidade nas negociações e argumentos sólidos. Faça um fundo reserva para viagens e estudos. Com planejamento, seu dinheiro renderá bons frutos. Evite gastar por ansiedade e impulso. Determine prioridades e objetivos pessoais.

Leão (23/07 - 22/08)

A Lua se juntará a Vênus, Sol e Marte em seu signo e aumentará o foco nos projetos pessoais. Caminhos ficarão iluminados. Comece novo ciclo com decisões importantes, abertura a novas experiências e muita criatividade. Hora de partir para a ação e implantar inovações na carreira e na vida. Brilhe e aconteça!

Virgem (23/08- 22/09)

A ponta do iceberg poderá emergir. Resolva sentimentos que ficaram ocultos e confusões nos relacionamentos. Bom momento para fazer terapia, investir no autoconhecimento, desfazer mal-entendidos com amigos e encontrar respostas existenciais. A vida poderá parecer mais simples. Valorize o essencial.

Libra (23/09 - 22/10)

Motive sua equipe, compartilhe conhecimentos, perceba o ambiente e dance conforme a música com confiança. Você fará diferença no grupo. Conquiste simpatias, fortaleça amizades e faça parte de um mundo maior. A rotina poderá ser um pouco confusa pela soma de atividades diferentes. Sucesso em reuniões.

Escorpião (23/10 - 21/11)

Algo maior se desenhará para o futuro nestes dias. Informações, notícias e respostas de longe impulsionarão o trabalho em uma direção atraente. Momento de brilhar na carreira, projetar sua imagem e ganhar visibilidade profissional. Inove, surpreenda e atraia bons negócios. Novas associações e parcerias.

Sagitário (22/11 - 21/12)

Explore outras culturas e conhecimentos. Respostas existenciais ampliarão horizontes. Você poderá se associar a parceiros estrangeiros ou de outra localidade e experimentar uma atividade diferente. Estude novas ferramentas e tecnologias. Invista no seu desenvolvimento e renove conceitos de trabalho.

Capricórnio (22/12 - 20/01)

O desejo por mudanças aumentará a cada dia. Conversas íntimas esclarecedoras trarão cumplicidade e entendimento no amor. Dissolva barreiras e encurte distâncias com palavras carinhosas. Com serenidade, tudo se resolverá positivamente. Cultive a paz interior e descubra novos prazeres. Poder em alta!

Aquário (21/01 - 19/02)

Mais encantamento, harmonia e entusiasmo com planos em comum intensificarão o casamento. Se você estiver só, um encontro hoje mudará as referências sobre o amor. Você poderá se apaixonar para valer! Participe de um evento e amplie contatos. O dia favorecerá os relacionamentos, atividades em equipe e vida social.

Peixes (20/02 - 20/03)

Encerre uma etapa e inicie outra no trabalho. Uma proposta financeira virá ao encontro dos seus sonhos. Invista no futuro e na evolução da carreira. O dia trará novidades e oportunidades. Conte com bons resultados em tudo que fizer. O cotidiano ficará mais gostoso. Ótimo momento também para melhorar a saúde.

Irmã de Lívio Aguiar fez um depoimento verdadeiro e real sobre seu trabalho : Suzana Trata com respeito e orgulho o desempenho de seu mandato.

Reforço este depoimento com quem tem conhecimento dos fatos: Lívio é realmente um vereador muito atento à saúde e a assistência social. ...