sábado, 25 de novembro de 2017

Morre aos 71 anos o Des. Odilon de Oliveira Neto, do TJPE.



Faleceu aos 71 anos de idade durante a realização de um procedimento cardíaco, o Des. Odilon de Oliveira Neto, do TJPE.

Natural de Alagoinha (PE), o magistrado nasceu no dia 19 de novembro de 1946. Começou o curso de Direito na Faculdade Integrada Barros Melo (Aeso) e concluiu no Instituto Paraibano de Educação (IPE) no ano de 1982. Antes de ingressar na magistratura, Odilon Neto advogou por cinco anos, tendo também atuado como procurador da Banorte - Crédito, Financiamentos e Investimentos S/A.

Ele iniciou a carreira na magistratura, no dia 5 de janeiro de 1989, como titular da Comarca de Flores, acumulando também a Comarca de Serra Talhada. Após dois anos de atuação como juiz, Odilon Neto foi promovido, por antiguidade, para a Comarca de Palmares.

Em 1992, Odilon Neto tornou-se juiz substituto da Capital, tendo atuado em diversas varas. Na capital, o magistrado foi titularizado na 1ª Vara Criminal da Capital, tendo sido posteriormente titular da 4ª Vara de Delitos e Trânsito contra o Patrimônio, unidade que foi transformada na 11ª Vara Criminal da Capital. Após 10 anos atuando nas varas criminais, o magistrado foi nomeado para a 19ª Vara Cível, onde permaneceu durante 10 anos.

Em janeiro de 2012 o magistrado passou a ser juiz titular do 15º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo da Capital, cargo que exerceu até a posse como desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco, no dia 02 de janeiro deste ano.

Odilon de Oliveira Neto foi presidente da 8ª Turma do Colégio Recursal, tendo sido designado em fevereiro de 2006. Foi ainda juiz eleitoral da 1ª Zona Eleitoral da Capital por dois anos. O magistrado realizou os cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) em direito penal pela Faculdade de Direito de Olinda – Aeso e em Direito Processual Civil pela Escola Superior da Magistratura de Pernambuco-Esmape/Faculdade Maurício de Nassau. O magistrado era membro da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Pernambuco.

O Desembargador Odilon era o relator do processo contra o ex-prefeito de Catende, Otacílio Alves Cordeiro e do Inquérito contra o prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, tendo determinado seu afastamento a pedido do Ministério Público de Pernambuco.

O Desebargador deixa viúva a Sra. Simone Oliveira.

O velório será as 13:00 hs no Cemitério Morada da Paz.

Sem comentários:

Quem nunca sonhou com os 15 anos? Parabéns a minha aluna Maria Letícia! Feliz Dia, Feliz Vida...

Quem nunca sonhou com uma festa linda, uma valsa e um vestido de princesa? Afinal ninguém faz 15 duas vezes. Infelizmente as condições so...