sexta-feira, 30 de junho de 2017

Após decisão do STF, Aécio faz chacota e disse que sempre confiou na Justiça


Ele confia em seus amigos


Do Facebook de Aécio Neves:



“Recebo com absoluta serenidade a decisão do Ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, da mesma forma como acatei de forma resignada e respeitosa a decisão anterior. Sempre acreditei na Justiça do meu país e seguirei no exercício do mandato que me foi conferido por mais de 7 milhões de mineiros, com a seriedade e a determinação que jamais me faltaram em 32 anos de vida pública.”

O Supremo provou nesses últimos dias que cadeia é para petista, preto, pobre e puta

Blog do Esmael
Primeiramente, uma consideração: cadeia não é lugar para gente, nem recupera ninguém. Dito isto, vamos à soltura do ex-deputado Rocha Loures (PMDB-PR) autorizada pelo ministro Edson Fachin.
O mundo jurídico considera a decisão de Fachin, que mandou libertar o ex-assessor de Michel Temer, acertada porque o manteve preso em regime domiciliar.
A 1ª Turma do STF também havia determinado há duas semanas a prisão domiciliar aos réus Andréa Neves, Frederico Medeiros e Mendherson Lima, que respondem a inquérito junto com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), acusado de pedir propina a executivos da JBS.
A devolução do mandato do senador Aécio Neves, hoje, pelo ministro Marco Aurélio Mello, igualmente foi considerada o cumprimento do devido processo legal no Estado Democrático de Direito.
Ok, beleza.
O diabo é que o Supremo provou nos últimos dias que a cadeia, o xilindró, a prisão, é coisa para petista, preto, pobre e puta — o famoso PPPP, segundo o ator Zé de Abreu.
O seletivismo do STF pode ser constatado com a prisão ad eternum do ex-deputado André Vargas cuja liberdade poucos reclamam por ele ser um “Da Silva”, de origem humilde; ou no sequestro político do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, mantido preso por uma birra do juiz Sérgio Moro, inimigo fidalgo de Lula e dos petistas, mesmo absolvido pelo TRF-4.
E quem olha para os jovens pretos e pobres, quase 700 mil, depositados no cárcere sem ao menos uma condenação? Ninguém. Muito menos o Supremo.
O que se pede é apenas uma coisa: ISONOMIA.
Aliás, foi em homenagem à isonomia [da decisão que pôs os parentes de Aécio em prisão domiciliar] que o ministro Fachin também colocou Rocha Loures em prisão domiciliar.
Portanto, caríssimos ministros, apliquem a ISONOMIA aos demais presos brasileiros.

Nova decisão do TRE determina perda de mandato do prefeito de Paulista


JuniorMatuto
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) determinou, pela segunda vez em menos de trinta dias, a perda de mandato do prefeito Junior Matuto (PSB), de Paulista, que foi reeleito em 2016. A Justiça considerou que houve abuso de poder econômico.
Além da perda do mandato de Júnior Matuto, o juiz da 12ª Zona Eleitoral, Leonardo Asfora, também determinou a sua inelegibilidade por oito anos. A condenação também vale para o vice-prefeito da cidade, Jorge Carrero (PCdoB). 
A sentença foi publicada ontem, quarta-feira (28), e dessa vez a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) foi movida por Severino Ramos (PTB), candidato derrotado e que ficou em segundo lugar no pleito.
No início deste mês de junho, o juiz Leonardo Asfora proferiu a mesma sentença de perda de mandato de Júnior Matuto em outra ação movida pelo Partido Trabalhista Nacional (PTN) e o Partido Humanista da Solidariedade (PHS), nas pessoas de seus representantes legais na cidade, respectivamente Samuel Filho  e Fernando Sá.
No entanto a sentença cabe recurso e o prefeito de Paulista e o seu vice continuam no cargo até que o Tribunal reavalie todo o processo. http://www.olindahoje.com.br/2017/06/29/nova-decisao-do-tre-determina-perda-de-mandato-do-prefeito-de-paulista/

Fachin manda soltar ex-deputado Rocha Loures


Rodrigo Rocha Loures deverá cumprir medidas cautelares, como utilizar uma tornozeleira eletrônica
Por: Diário SP/Ag. Brasil 
Foto: Reprodução 
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator das ações da Lava Jato no Corte, mandou soltar o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), preso há mais de um mês em Brasília. Em troca, Loures deverá cumprir algumas medidas cautelares.
Uma delas é o recolhimento domiciliar. De segunda à sexta-feira, Loures deverá permanecer em casa das 20h às 6h. Nos sábados, domingos e feriados, ele tem de permanecer em casa. A outra medida é utilizar uma tornozeleira eletrônica.
Na decisão, Fachin entendeu que Loures pode responder às acusações em liberdade porque a denúncia contra ele já foi feita ao Supremo pela Procuradoria-Geral da República (PGR). O ex-parlamentar foi denunciado no mesmo processo com o presidente Michel Temer.
O relator da Lava Jato entendeu que ele deve receber os mesmos benefícios de outros investigados a partir das delações da JBS, como a irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves, o primo deles, Frederico Pacheco, e o ex-assessor do senador Zezé Perrela (PMDB-MG), Mendherson Lima. Todos ganharam direito de cumprir prisão domiciliar.
O ex-deputado foi flagrado pela PF recebendo uma mala com R$ 500 mil na Operação Patmos, investigação baseada nas informações da delação premiada dos executivos da JBS. Quando Rocha Loures foi preso, Fachin havia atendido a um pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Segundo o procurador, a prisão de Loures era “imprescindível para a garantia da ordem pública e da instrução criminal”.

URGENTE: Em ‘sexta-feira gorda’, Fachin manda soltar Rocha Loures

  | 

O ministro do STF Edson Fachin, nesta sexta-feira gorda, mandou soltar o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).
Antes, porém, o ministro Marco Aurélio Mello havia determinado a volta de Aécio Neves (PSDB-MG) ao Senado e, por óbvio, negou pedido de prisão formulado pelo procurador Rodrigo Janot.
Ambas as decisões dos ministros têm conformidade com o devido processo legal, portanto não há que se achar estranhas tais decisões.

Marco Aurélio, do STF, libera Aécio para voltar ao Senado


aécio© image/jpeg aécio
São Paulo – O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou nesta 
sexta-feira (30) a decisão que afastou o senador  Aécio Neves (PSDB) de suas funções parlamentares. Com isso, ele pode voltar a exercer o seu mandato no Senado.
Delatado pelos executivos da J&F, que controla a JBS, Aécio foi afastado do Senado por ordem do ministro Edson Fachin (STF) em 17 de maio no âmbito da Operação Patmus. Na ocasião, a Procuradoria-Geral da República até chegou a requerer a prisão do senador sob a justificativa de que ele poderia atrapalhar as investigações, mas o pedido foi negado pelo ministro do STF.
O ministro Marco Aurélio Mello assumiu a relatoria do caso no último dia 31 de maio. Na decisão de hoje, ele afirmou que o afastamento do senador por determinação monocrática do STF fere a harmonia entre os três poderes:
“Sejam quais forem as denúncias contra o senador mineiro, não cabe ao STF, por seu plenário e, muito menos, por ordem monocrática, afastar um parlamentar do exercício do mandato. Trata-se de perigosíssima criação jurisprudencial, que afeta de forma significativa o equilíbrio e a independência dos Três Poderes. Mandato parlamentar é coisa séria e não se mexe, impunemente, em suas prerrogativas”, escreveu o Mello

Audiência Pública em Orobó: Depois de 4 anos e 6 meses de Gestão Prefeito agora quer saber do Povo Como gastar os Milhões que entram na PMO...

Posso Ajudar Sr. Prefeito?
 As audiências públicas servem para ouvir as sugestões  do povo. Quais são as prioridades do Município e como gastar os milhões , que já chegaram, só esse ano mais de 33 e os que virão. Infelizmente, um compromisso inadiável me prendeu nesta manhã. Mas nunca é tarde para quem tem boa vontade em ajudar. Pediu ajuda ao povo?  Eu também sou povo. Como cidadã oroboense aqui vai a minha contribuição, com as principais prioridades deste município. Posso ajudar  Sr. Prefeito ? Se posso; segue a listinha das prioridades:
Nº1- A vida é direito inalienável e fundamental do ser humano. Comece gastando os milhões para salvar vidas. Devolva o Convênio do  Hospital Severino Távora que V. Excelência Confiscou, deixando  dezenas de desempregados e doentes a morrer a míngua sem lugar para internações;
Reveja as especialidades médicas nos PSFS , ou pelo menos, na sua UPINHA, reponha os medicamentos de uso contínuo nos psfs, em boa quantidade e para as diversas doenças, como hipertensão, diabetes, gastrite, verminoses, e viroses em geral.
2-Educação-  distribua os kits escolares, devolva a autonomia das Unidades Executoras , a quem de Direito(à Escola),  Pague um salário mínimo e em dia a todos os professores contratados, descongele o pó de giz dos professores, cumpra as faixas salariais do PCC, volte a cobrar legalmente 11% de previdência como manda a lei federal, devolva o que foi cobrado ilegalmente, deixe de ser cabeça dura e  conceda as aposentadorias dos que já passaram do tempo; rasque essa lei inconstitucional , de  retirada de 30 aulas de quem pretende se aposentar, e continue pagando em dia. ( O FUNDEB tem dinheiro para tudo isso e ainda sobra).
3- Segurança- reforce e treine a Guarda municipal, ofereça curso de defesa tática e negocie o porte de arma para ser usada em benefício de todo cidadão. Inclusive coloque os guardas como antes, nas vilas à noite,  homens para deixar a população mais tranquila;
4-  Assistência Social: Comece doando prédios públicos abandonados para tirar famílias carentes do aluguel. Aqui mesmo em Serra de Capoeira tem um abandonado. Dava para tirar 5 ou 6 famílias carentes do sufoco; coloque carro para atendimento emergências nas comunidades, repere as estradas vicinais e mande o famoso piçarro de quem tanto falava o ex-vereador Zezé Jaca. Diminua os pesados impostos para quem nada tem. ( Iluminação, taxas de cementério, alvarás):
5-  Independência dos Poderes-Pare de interferir na Câmara, oportunize aos seus vereadores se mostrarem dignos dos votos que receberam. Não Mate a carreira de quem poderia brilhar e morre sufocado debaixo de suas ordens. Deixe o G5 que é independente, ajudá-lo a fazer um bom governo. Olhe-os com olhos de igualdade entre os demais . Não vejam suas indicações como críticas ,mas como contribuição para uma gestão democrática.
6- Democratize a Gestão. Pare de perseguir e humilhar aqueles que pensam diferentes de você .Desarme esse palanque eterno. A beleza da democracia está nas divergências de opinião, no diálogo e na amenização dos conflitos. Ninguém é obrigado amar o outro. Todavia todos tem o dever de se respeitarem.
Bom. Poderia dizer muita coisa, mas acho que contribuir um pouco para V. Excelência gastar com responsabilidade todos esses milhões que são do povo. Ter oportunidade de se regenerar de todo autoritarismo com que governou todos esses anos e fazer uma boa Gestão. Boa Sorte!

Por Madalena França.



Decisão que favoreceu Aécio confirma justiça de dois pesos e duas medidas. Por Joaquim de Carvalho Por Joaquim de Carvalho - 30 de junho de 2017 inShare 2 Mandato é coisa séria O Supremo Tribunal Federal legitimou a queda de um presidente eleita com 54 milhões de votos, sem que o Senado apresentasse prova de crime de responsabilidade. Dizer que pedalada fiscal justifica impeachment é uma piada.


 
Mandato é coisa séria
O Supremo Tribunal Federal legitimou a queda de um presidente eleita com 54 milhões de votos, sem que o Senado apresentasse prova de crime de responsabilidade.
"Mandato parlamentar é coisa séria”, observa ele em sua decisão de 16 páginas.
E mandato presidencial?
O que não valeu para a chefe do poder executivo, que conquistou o mandato pela maioria dos eleitores, vale para Aécio Neves, derrotado por Dilma Rousseff.
Diz Marco Aurélio:
“E mais que hora de a Suprema Corte restabelecer o respeito à Constituição, preservando as garantias do mandato parlamentar. Sejam quais forem as denúncias contra o senador mineiro, não cabe ao STF, por seu plenário e, muito menos, por ordem monocrática, afastar um parlamentar do exercício do mandato. Trata-se de perigosíssima criação jurisprudencial, que afeta de forma significativa o equilíbrio e a independência dos Três Poderes. Mandato parlamentar é coisa séria e não se mexe, impunemente, em suas prerrogativas.”
O mínimo de justiça seria agora, para ficar nas palavras de Marco Aurélio, “restabelecer o respeito à Constituição”, e devolver o mandato a Dilma Rousseff.
É na conspiração que resultou no golpe contra a presidência da República em 2016 que se encontra a origem de toda crise.
É na parcialidade da Justiça que se prolonga a crise.
O ex-primeiro-ministro da França François Guizot escreveu, há cerca de 170 anos:
“Quando a política penetra no recinto dos tribunais, a justiça se retira por alguma porta.”
Sobre a parcialidade da justiça, Rudolf von Ihering, jurista alemão que Paulo Nogueira já citou algumas vezes, disse:
“A justiça sustenta numa das mãos a balança que pesa o Direito, e na outra, a espada de que se serve para o defender. A espada sem a balança é a força brutal; a balança sem a espada é a impotência do Direito”.
No Brasil de hoje, a Justiça reserva a espada para uns e a balança para outros.
É a força brutal.

E TEMER CONSEGUIU TRANSFORMAR O G20 EM G19...



De todas as humilhações que o Brasil vem sofrendo desde o golpe parlamentar de 2016, que arrasou a economia nacional e destruiu a imagem do País no mundo, nenhuma é tão simbólica quanto a ausência do Brasil na próxima reunião do G20, na Alemanha; o motivo apontado pelo Palácio do Planalto é a necessidade de cuidar da agenda interna, mas o fato é que nenhum chefe de estado pretende posar ao lado de um personagem como Michel Temer, que acaba de ser denunciado por corrupção; o mais triste é lembrar que, com Lula e Dilma, o Brasil conseguiu esvaziar as reuniões do G7 e fazer com que os grandes debates econômicos envolvessem também os países emergentes; com Temer, no entanto, o Brasil se tornou um pária internacional. BR 247

Notícias fresquinhas para os servidores públicos de Orobó.

Grupo de Advogados irão provar  através de ação movida por professores diversas irregularidades em previdência própria de Orobó IPREO.

Resultado de imagem para imagem da constituição de 1988

Inconstitucionalidade:
Projeto de lei aprovado por oito vereadores da Legislação passada é Inconstitucional.  Os senhores vereadores (David Ancelmo de Aguiar, Jorge Marinho, Jairo Orlando, Júnior, Eduardo Gonzaga, Maria do Carmo, José Nascimento, e Severino Luís de Abreu ),aprovaram um PL que se sobrepões a Constituição brasileira. Nenhum município pode criar leis maior que a Federal. Assim sendo advogados provarão a nulidade dessa irregularidade e pedirão a equiparação da contribuição previdenciária de Orobó a todo Brasil ,que é de 11%. 
Devem também pedir a devolução de tudo que foi cobrado fora da lei;
Descumprimento do PCC dos professores. As faixas salariais do que trata a lei,  deverão ser exigidas na mesma ação.
Revisão de Aposentadorias- Com prejuízo aos servidores. Os que estão na lista de espera deverão juntasse ao grupo pois a Lei votada pelos 8 vereadores da situação em 22/12/2016 é Nula.
Nenhum vereador tem o poder de reduzir carga horária de professor.  Quem concedeu 180 aulas aos professores foi a Lei do FUNDEB. Trata-se de salário base e não de gratificação, portanto, a retirada de 30 horas aulas para concessão de aposentadoria é uma lei municipal, arbitrária, e ilegal, feita de má fé pelo Executivo  e aprovada pelos vereadores ditos( inimigos dos servidores), logo sem nenhuma validade.

Precatórios do FUNDEF- quem trabalhou e recebeu pelo FUNDEF de 2001 a 2004, tem direito a uma boa quantia da União, sobras do FUNDEF, mesmo que ele já esteja aposentado.
O montante a que Orobó tem direito já previamente consultado no site da União gira em torno de dez milhões de reais. Deste montante 6 milhões devem por direito ser rateado para aqueles que trabalharam na época e recebia pelo fundef. Seja na direção , coordenação, ou sala de aula. a verba deve sair em 2018 e os funcionários devem estar amparados pela lei para receber o que lhe pertence. Os outros 4 Milhões de Reais a PMO deverá investir na área da Educação. como Escolas, e ou material de consumo durável e pedagógicos, conforme lei do FUNDEF. Não pode ser desviado para outros fins que não seja a Educação. 
Os interessados devem procurar se juntar a turma que hora move a ação. Para acertos de documentação e contrato com o Escritório de Advogacia em questão. Se preferir entre em contato pelo Whatzap : 081- 9 95953283.
O escritório são de Advogados sérios. Ninguém irá pagar nada antes de receber. Bom saber que eles já conseguiram receber de dois municípios por ter entrado previamente.

Vamos à luta! Sem sacrifício, não há Vitória!

Por Madalena França.



Inacreditável: quase 3 milhões só esse mês de Junho e até hoje os aposentados ainda Não receberam da prefeitura Municipal de Orobó.

Segundo informações do BB , Já passaram de 33 Milhões que Orobó recebeu este ano de 2017. É dinheiro ou não é? 


Resultado de imagem para MUITO DINHEIRO
Imagem Ilustrativa
R$ 2.984.586,02 (Dois Milhões, Novecentos e Oitenta e Quatro Mil,Quinhentos e Oitenta e Seis Reais e Dois Centavos), a Prefeitura Municipal de Orobó recebeu neste mês de Junho de 2017. 

Quando você junta, este Valor, com os Meses de Janeiro, Fevereiro, Março, Abril e Maio de 2017. 

Dá um Total de R$ 33.146.902,86 (TRINTA E TRÊS MILHÕES, CENTO E QUARENTA E SEIS MIL, NOVECENTOS E DOIS REAIS E OITENTA E SEIS CENTAVOS) 

CLIQUE: https://www42.bb.com.br/portalbb/daf/beneficiario,802,4647,4652,0,1.bbx

STF confirma validade das delações da JBS, que podem ser revistas em sentença


:

Após quatro sessões de julgamento, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram nesta quinta-feira confirmar a homologação das delações dos executivos da JBS, mas consideraram que os termos das colaborações poderão ser revistas por um órgão colegiado --turma ou plenário-- no momento da sentença; questão é de suma importância, porque poderá abrir margem, por exemplo, para se revise futuramente os benefícios concedidos aos executivos da JBS; eles ganharam uma anistia penal. BR 247

quinta-feira, 29 de junho de 2017

19 DE JULHO, NA FESTA DE EMANCIPAÇÃO DE BOM JARDIM TEM MÁRCIA FELIPE

Polícia procura fraudadores de licitações de transporte escolar e coleta de lixo



Publicado em: 29/06/2017 08:49 Atualizado em: 29/06/2017 13:49

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira a Operação Adsumu, com o objetivo de cumprir 11 mandados de busca e apreensão e 10 de condução coercitiva contra integrantes de uma quadrilha liderada por quatro empresários e que fraudaram licitações de transporte escolar e coleta de resíduos sólidos no município de João Alfredo, Agreste de Pernambuco.

De acordo com as investigações, as fraudes, realizadas entre os anos 2013 e 2017, totalizaram um prejuízo de de R$ 6.825.408, beneficiando as empresas CJ de Figueiredo e SplendourTur, de propriedade do empresário Adriano Barbosa da Fonseca, conhecido por “Preto”. Segundo a polícia, ele utilizava-se dos nomes das pessoas Flávio Roberto Barbosa de Souza, Cláudio José de Figueiredo e Luciano Barbosa da Fonseca para praticar o crime.

Os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de Organização criminosa, Lavagem de Dinheiro, Fraude a Licitações e Falsidade Ideológica. Um total de 75 policiais civis, entre delegados, escrivães e agentes participam da operação nos municípios de Recife, João Alfredo, Surubim, Orobó e Bom Jardim. Os presos e todo material apreendido estão sendo encaminhados para a 16ª Delegacia Seccional de Limoeiro, onde um balanço parcial será apresentado esta manhã pelo delegado Jean Rockfeller, seccional de Goiana.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgou uma nota sobre a Operação Adsumus. Confira o texto na íntegra:

Sobre a Operação Adsumus, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta quinta-feira (29), para investigação criminal de esquema de fraude em licitações de órgãos públicos em João Alfredo e região, o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco informa que esteve colaborando com a Polícia, dentro de suas atribuições.

Como a operação revelou indícios de uma organização criminosa, responsável por contratos de mais de 6 milhões de reais em órgãos públicos, o TCE usará as informações coletadas pela Polícia Civil para instruir as auditorias sobre estes gastos, já em andamento, realizadas pelo Núcleo de Engenharia.

O TCE-PE continuará à disposição para novas etapas da investigação, caso se faça necessário. Ainda, continuará colaborando com as operações de repressão qualificada do Ministério Público e da Polícia Civil, dentro de suas atribuições de auditoria em contas e contratos públicos.

Governo aprova reforma trabalhista no toma lá, dá cá, diz líder da oposição


:

Base aliada do governo Michel Temer (PMDB) no Senado aprovou na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, na noite desta quarta-feira (28), por 16 a 9, o texto da reforma trabalhista o que, na avaliação do líder da oposição, Humberto Costa (PT-PE), demonstra que, a despeito de o governo estar ruindo, muitos parlamentares se renderam às benesses oficiais oferecidas em troca de votos;  "Agora, nos resta a batalha do plenário. Estamos confiantes de que, até lá, esses apoios vão desidratar. Vamos virar o jogo e enterrar essa proposta, juntamente com esse governo corrupto e nefasto para o país", disse BR 247

Mulher com suspeita de raiva humana é internada no Hospital Oswaldo Cruz

Uma mulher com suspeita de raiva humana está internada no Hospital Universitário Oswaldo Cruz, no bairro de Santo Amaro, no Recife. A informação foi passada na manhã desta quinta-feira (29) por fontes ligadas a unidade de saúde. O nome da paciente não foi informado. Também não se sabe ainda a idade da paciente e a forma de contágio.

O Oswaldo Cruz confirmou a chegada de um paciente com sinais de raiva humana. Mas ainda são realizados exames para confirmar a infecção, que possui taxa de mortalidade de praticamente 100%.

O pernambucano Marciano Menezes da Silva, de 24 anos, que é morador de Floresta, no Sertão de Pernambuco, foi o primeiro brasileiro e o terceiro no mundo a ser curado da raiva humana. O jovem foi contaminado em 2008, quando tinha apenas 16 anos e foi mordido por um morcego hematófago contaminado.

Marciano ficou internado na unidade de saúde entre outubro de 2008 e setembro de 2009 e o caso tornou-se referência internacional para o tratamento da doença. Durante o internamento, ele foi submetido a diversos procedimentos, a maior parte com sabe no Protocolo de Milwaukee, criado pelo norte­americano Rodney Willoughby, que, em 2004, conseguiu tratar uma paciente com raiva com sucesso. 

Sequelas
Apesar da cura, Marciano ficou com sequelas. Ele tem dificuldade para andar, falar, além de crises convulsivas. Desde o caso dele o Oswaldo Cruz não recebia paciente com suspeita da doença.

Janio: ninguém se cerca de Geddeis, Moreiras & cia. se não por afinidade :


:
247 – Em referência a Michel Temer, Janio de Freitas avalia que "era fácil saber logo de quem se tratava", uma vez que "ninguém se cerca de Geddeis, Moreiras & cia. se não for por afinidade, se não tiver o mesmo propósito pelos mesmos meios".
O colunista afirma que "a crise enlouqueceu mais um pouco. Com propensão a escapar de mais controles espontâneos e automáticos, sem que se anteveja quais seriam no estoque denominado Constituição". "Entre Michel Temer e Rodrigo Janot reduziu-se a reserva de respeito forçado no convívio dos Poderes", escreve.
O jornalista destaca a dificuldade de Temer em construir uma defesa sem contradições e inverdades e diz que "não há lideranças políticas, nem pensadores em condições de influência, para evitar que a crise siga com geração própria. E com a colaboração desesperada e mercantil de Michel Temer. Mas sem justificar surpresas".

"Queriam me destruir em 80, mas quando me prenderam a greve ficou mais forte"


Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reagiu, na noite desta quarta-feira (28), à perseguição midiática e jurídica a que vem sendo submetido nos últimos anos. Em discurso durante o evento que marcou os 25 anos da Confederação Nacional dos Metalúrgicos, Lula foi categórico ao comentar a possibilidade de ser condenado no processo do Tríplex.  
"Não faz pouco tempo que essa gente pensa em me destruir. Acharam que iam conseguir quando me prenderam em 80, me afastaram do sindicato, achando que a greve ia acabar. E o que aconteceu? A greve cresceu, ficou muito mais forte e durou 41 dias", relembrou. 

O ex-presidente destacou os recentes resultados das pesquisas eleitorais como referência. "Saiu uma pesquisa da Folha. Não da CUT, foi da Folha. E fico imaginando como os diretores da Globo, os editores de política, reagiram", disse, citando a projeção Datafolha divulgada na segunda (26) - em que Lula aparece como vencedor em todas as simulações de primeiro turno.

"A pesquisa mostra que é preciso somar todos eles pra chegar perto do Lula e do PT. O PT sozinho tem preferência eleitoral maior que todos os partidos juntos. Isso deve dar insônia neles", avaliou o ex-presidente. Para Lula, o resultado é fruto da consciência da população. "O povo não é burro, tem consciência. Eles sabem o que aconteceu nesse país de 2003 a 2014".

Indústria
Durante a fala, Lula também defendeu o fortalecimento do mercado interno como alternativa para o país sair da crise e voltar a gerar empregos. Segundo ele, a operação Lava Jato tem colaborado para destruir a indústria nacional. "A construção civil mandou embora 600 mil trabalhadores. O BNDES é nossa principal ferramenta para alavancar qualquer setor industrial e hoje isso está sendo criminalizado", ponderou.

"Vocês lembram que em 2009 falei da marolinha? O Brasil foi o último a entrar na crise e o primeiro a sair porque tínhamos o BNDES. Até liguei pro Obama e perguntei por que ele não tinha um BNDES?", recordou, ao destacar a urgência de eleições diretas. "Só tem uma saída: o povo voltar a eleger um presidente da República". http://lula.com.br/queriam-me-destruir-em-80-mas-quando-me-prenderam-greve-ficou-mais-forte

Joesley é internado em estado grave e teria sido envenenado, diz site. SERÁ?




Nas redes sociais, o boato de que teria sido envenenado a mando de algum deputado tucano cassado levantou suspeitas dos internautas. O boato teria sido levantado, após o vazamento de conversas interceptadas pela Polícia Federal onde um famoso deputado mineiro teria dito que ” é preciso eliminar antes de delatar” …

O empresário Joesley Batisa, um dos sócios do grupo JBS e autor da delação que resultou na abertura do inquérito contra o presidente Michel Temer, foi internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A assessoria de imprensa do hospital confirmou a internação, mas não informou os motivos, pois “o paciente pediu privacidade”. A JBS, por sua vez, disse que ele está internado desde terça-feira (27/6) por causa de dores no nervo ciático e não há previsão de alta. http://www.plantaobrasil.net/news.asp?nID=97795&po=s

Quando se perde a capacidade de se reinventar, se perde a alegria de viver: Recomece!

Todas as manhãs você acorda e o sol te dar bom dia, a chuva lava a poeira da alma. É hora de recomeçar. Ao em vez de ficar pensando no qu...