quarta-feira, 20 de abril de 2016

UMA VOLTA NA CIDADE DE OROBÓ E A INDIGNAÇÃO É GERAL: NUNCA SE FALOU TANTO EM TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA.


No restaurante, no supermercado, na rua, e até no cartório. Por onde andei hoje não deu outra. As pessoas estão tão estarrecidas que vem me mostrar a conta de luz ,sem nem mesmo eu mencionar .o assunto. Talvez ela pensem que eu possa contribuir. Neste caso não posso fazer muita coisa. Apenas informar a população da ilegalidade dessa taxa abusiva e absurda.
Não vou citar nomes para não evidenciar pessoas. Esse blog tem sempre uma linha. Preservar as identidades de seus leitores. Sei que a última que tive acesso foi de um mercadinho. Eu e o dono somamos juntos e somente de taxa de iluminação pública ele vai pagar esse mês R$ 42500(quatrocentos e vinte e cinco reais). Segundo ele me falou vai entrar na justiça contra essa ilegalidade levando as contas anteriores que essa taxa não passava de quarenta reais. De quanto por cento foi esse aumento? Mais de 400%.
A roubalheira no país envergonha a nação. Há várias formas de dá golpes nas pessoas. Houvi de um senhor que se referiu a esse impostos extremamente abusivo, como assalto ao bolso do contribuinte.
Todos por unanimidade com quem falei sobre esse assunto, estão indignadas com o prefeito. Mas neste caso ,não é só ele o culpado. Para haver assalto, tem que haver a organização criminosa e ele não fez  sozinho. Com exceção  de Manuel Mariano, Lúcio Ramos e Conceição Arruda, todos os outros oito vereadores votaram esse aumento. Não pode haver aumento de mais de 400% sem ser considerado crime contra os direitos do consumidor.
Um abaixo assinado está sendo organizado pela população. Quem ainda não assinou deve procurar assiná-lo pois uma ação coletiva tem mais efeito do que cada um em particular.
A organização das pessoas fazem a diferença.

Se você acha que está sendo lesado,procure os organizadores do documento, Paulo Brito, Eduardo Rocha, Amilton ou Dui do Bujão para defender os seus direitos e revogar esta lei, que é abusiva e ilegal.

Escrito por Madalena França.

Sem comentários:

Internautas de Bom Jardim discutem no face: ninguém quer Miguel mas não. Quem não quer é tu Eu quero Miguel...

Janjão e Miguel dão sinais de unidade na política de Bom Jardim Os sinais de união política entre os pré-candidatos a prefeito d...