quarta-feira, 23 de setembro de 2015

SERVIDORES FEDERAIS MARCAM DIA NACIONAL DE LUTAS CONTRA AJUSTES FISCAIS ,COM PROTESTOS HOJE.


Em Pernambuco, sindicatos aderiram à mobilização
A quarta-feira será marcada por manifestações de servidores públicos federais em todo país. A categoria 
deflagra uma mobilização nacional em resposta ao pacote de ajuste fiscal anunciado pelo governo. No Dia Nacional de Lutas, os protestos em Pernambuco começam às 8h, na Praça da Independência, conhecida como Pracinha do Diario. Em seguida, às 10h, haverá uma caminhada até o Ministério da Fazenda, no Recife Antigo. A manifestação foi articulada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Pernambuco.

Os professores da Universidade Federal de Pernambuco também aderiram à paralisação. Em assembleia realizada na última sexta, a categoria decidiu fazer atos nos três campi e enviar representantes para participar da manifestação geral que acontece na Esplanada dos Ministérios. "É importante ressaltar que não se trata de greve dos professores. Nós votamos e aderimos ao movimento, mas alguns docentes já disseram que não vão participar. Cabe a cada profissional decidir se haverá aula ou não", esclareceu Silvana Calado, vice-presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco (Adufepe). 

No campus Recife, a manifestação está marcada para as 10h, em frente à Biblioteca Central. Com carro de som e vestidos de preto, os professores vão protestar contra os cortes e decisões desfavoáveis ao ensino público gratuito de qualidade. Em Vitória de Santo Antão, o ato será às 14h. Às 16h30, em Caruaru. "Também mandamos delegação para Brasília. Vamos correr todos os ministérios e lutar pelos nossos direitos", continou Silvana Calado.

Na Universidade Federal Rural de Pernambuco, o esquema de aulas também dependerá de cada professor. A Associação dos Docentes da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Aduferpe) também agendou uma assembleia para avaliar a conjuntura nacional e ponderar sobre a adesão da greve nacional das universidades federais. A reunião está marcada para as 9h.

Os trabalhadores dos Correios, que em Pernambuco não estão em greve, adiantaram que não farão qualquer tipo de mobilização nesta quarta. 

Dia Nacional de Lutas
A paralisação foi determinada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais, em reunião realizada no dia 15, que definiu o dia 23 de setembro como um dia nacional de paralisação, com atividades radicalizadas nos estados e manifestação em Brasília.
Fonte:DP.

Sem comentários:

Vereadores denunciam falta de medicamentos e profissionais de saúde em Orobó

Postado por Madalena França 01/06/2020 - 14:20   GUILHERME AGUIAR Grande parte da população, principalmente os que sofrem com do...